fundo parallax

Marketing digital para médicos: conheça dicas e tendências

pneumonia associada à ventilação mecânica
Como prevenir a pneumonia associada à ventilação mecânica
12 de junho de 2019
Gestão do SESMT
Gestão do SESMT: saiba mais sobre a ISO 45001-2018
26 de junho de 2019
 

Você já investe em marketing digital para médicos? Por mais efetiva que seja a divulgação offline e o tradicional boca a boca, estar presente no ambiente digital é hoje uma necessidade.

Com a ampliação do acesso à internet, torna-se cada vez mais raro conhecer alguém que não recorra ao Google quando precisa encontrar um profissional especializado, inclusive na área da saúde.

Quem ignora esse tipo de tendência, além de perder uma fatia expressiva do mercado, deixa de lado a chance de tornar seu nome referência em sua área de atuação e aumentar a presença da sua marca.

Para evitar que isso aconteça com você, separamos 5 dicas de marketing digital para médicos indispensáveis para quem quer traçar uma estratégia efetiva e segura. Acompanhe!

5 dicas de marketing digital para médicos que você precisa conhecer

1. Conheça bem o seu público-alvo

O primeiro passo para traçar uma estratégia bem sucedida de marketing digital para médicos é entender o momento do seu consultório, onde você tenciona chegar e, principalmente, que público-alvo deseja atingir.

Informações como a idade, sexo, condições sócio-econômica, comportamentos e hábitos de consumo ajudam a dar uma ideia mais clara de qual posicionamento e linguagem adotar e quais não funcionam tão bem.

Se a ideia é mudar o foco do consultório para um público mais jovem, por exemplo, é importante investir em uma identidade visual que transmita credibilidade e modernidade ao mesmo tempo.  Também é relevante estar presente nas redes sociais com uma linguagem que converse com esse perfil.

Se, ao contrário, a ideia é atrair para a clínica pacientes da terceira idade, que possuem outros valores como prioridade, toda a estratégia de marketing digital para médicos deverá ser pensada sob outro prisma, e demandará ações diferentes.

2. Invista em um site oficial de qualidade

Grande parte das ações de marketing digital para médicos têm como objetivo fazer com que potenciais pacientes passem a conhecer melhor a sua clínica visitando o seu site e, posteriormente, marcando uma consulta.

Logo, é importante pensar a página como uma espécie de “cartão de visitas virtual”, que vai ajudar a criar a primeira impressão da sua clínica. Portanto, o site precisa ter informações claras, ser de fácil navegação e possuir um design limpo e atraente.

Páginas confusas, que demoram a carregar e possuem informações desencontradas ou difíceis de achar transmitem a mensagem de que o seu consultório é pouco organizado. O ainda, não é tão profissionalizado. Portanto, esteja bem atento a esse aspecto! Não economize na construção de seu site.

3. Esteja presente nas redes sociais

O Brasil possui hoje cerca de 127 milhões de usuários presentes no Facebook e mais de 50 milhões no Instagram. É um número muito expressivo de pessoas, que não pode ser ignorado por quem quer investir em marketing digital para médicos e expandir suas oportunidades no mercado.

Por isso, é importante criar e manter páginas atualizadas nas redes sociais que mais chamem a atenção do seu público-alvo. Elas são uma ferramenta poderosa não só para atrair novos pacientes como também para estreitar relacionamento com os antigos.

Uma vez criadas essas páginas, você deve atualizá-las com informações relevantes sobre seu nicho de atuação e sobre a clínica. Também é importante checar frequentemente a movimentação dos seguidores e responder adequadamente a elogios, críticas, dúvidas e sugestões.

Deixar os usuários desses canais sem resposta, além de frustrante, passa a ideia de que você não se importa realmente com quem dedicou algum tempo para saber mais sobre o seu negócio. Por isso, não abra mão  de reforçar essa interação para tornar seu nome mais conhecido no ambiente virtual!

4. Trabalhe com marketing de conteúdo

Você já ouviu falar em marketing de conteúdo? Em palavras simples, a estratégia consiste em usar informação relevante para atrair usuários qualificados para o seu site. Para tanto, é importante criar um blog hospedado no seu site oficial e alimentá-lo com posts relacionados ao seu nicho de atuação e que atraiam interesse do seu público-alvo.

Essas postagens, além de serem úteis para movimentar as suas redes sociais, quando redigidas utilizando técnicas de SEO (search engine optimization) ajudam a melhorar a relevância da  sua página em sites de busca, como o Google.

Dessa maneira, aumentam as chances de que quando alguém buscar por termos relacionados ao seu negócio nessas páginas — por meio de palavras-chaves como “ginecologista obstetra parto são paulo, por exemplo — seu site apareça bem posicionado. Isso faz com que ele seja acessado com mais frequência por aqueles que estão justamente procurando o serviço que você está ofertando.

5. Fique atento às regras do Conselho Federal de Medicina

É comum ver profissionais hesitantes em investir em marketing digital para médicos por acreditar que a divulgação dos seus serviços possa ser considerada antiética ou mesmo seja proibida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Na verdade, o órgão não proíbe a publicidade de serviços médicos, mas estabelece algumas limitações. Por isso, antes de implementar sua estratégia de marketing digital para médicos, é importante conhecer bem a Resolução do CFM que regulamenta o assunto.

Em linhas gerais, para implementar a sua estratégia de marketing digital para médicos, é preciso considerar os seguintes pontos:

  • nunca divulgue fotos de pacientes, os famosos “antes e depois”, ainda que você possua autorização deles;

  • não anuncie seus serviços de maneira sensacionalista, com expressões como “o melhor”, “o mais qualificado” ou “resultados garantidos”;

  • não divulgue preços ou aparelhos como forma de atrair novos pacientes;

  • limite-se a fazer anúncios sobre até no máximo duas especialidades, nas quais você tenha obtido o título de especialista;

  • não use seus canais oficiais para compartilhar informações com tom sensacionalista ou que possam trazer preocupação para a sociedade. Suas postagens devem sempre ser esclarecedoras e prestar serviços de utilidade pública.

Como você pode ver, o marketing digital para médicos é uma excelente ferramenta para quem deseja ampliar sua presença e relevância no ambiente digital, aumentar o fluxo de pacientes no consultório e estreitar relacionamento com aqueles que já fazem parte do dia a dia da clínica.

Com uma estratégia bem planejada e que esteja atenta às limitações estabelecidas pelo CFM, é possível obter resultados expressivos sem a necessidade de investimentos de grande porte.

Gostou de entender melhor como o marketing digital para médicos pode ajudar o seu consultório a se tornar mais conhecido e lucrativo? Você já adota esse tipo de estratégia na sua clínica? Como tem sido sua experiência? Deixe suas impressões no campo de comentários!

Você pode conhecer mais sobre este ou outros assuntos, cursando uma Pós-Graduação em Medicina ofertada pelo IEFAP. Inscreva-se já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *