fundo parallax

O que você precisa saber sobre a Pós-Graduação em Psiquiatria

eSocial
eSocial: saiba sobre as principais mudanças nos exames admissionais
10 de julho de 2019
Doenças respiratórias relacionadas a poluição
Doenças respiratórias relacionadas a poluição
24 de julho de 2019
 

Um profissional da psiquiatria precisa estar preparado para o que irá encontrar fora do meio acadêmico. O seu trabalho será fundamental, não apenas nos ambulatórios e clínicas, mas principalmente no seu desenvolvimento profissional pessoal. Uma das maneiras de estar bem preparado para esse desafio é cursando uma pós-graduação em psiquiatria. Gostaria de conhecer mais? Então leia o texto a seguir para saber como funciona a pós-graduação em psiquiatria!

Do que trata a Psiquiatria?

A Psiquiatria é o ramo da ciência que estuda os fenômenos da mente humana, que traz consigo, métodos específicos de prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças.

Confira algumas enfermidades, transtornos e doenças que a psiquiatria trabalha, na área da saúde pública. Elas são definidas pela Organização Mundial de Saúde e DSM-IV (American Psychiatric Association):

  • depressão;
  • transtorno bipolar;
  • esquizofrenia;
  • demência;
  • transtornos de ansiedade, entre outros.

Como é a vida do profissional da psiquiatria

Os médicos que cursam uma especialização, através da pós-graduação em psiquiatria, em geral, têm por objetivo principal, obter amenizar o sofrimento e aumentar o bem-estar psíquico do paciente. Para que o psiquiatra consiga cumprir este papel ele precisa:

  • realizar de uma avaliação completa do paciente, incluindo uma perspectiva biológica, psicológica, social e cultural;
  •  avaliar do nível e do tipo de doença ou problema psíquico que a pessoa já teve em algum momento, seu histórico clínico e familiar;
  • ministrar tratamento do transtorno psíquico através de medicamentos ou uso de terapias específicas;
  • realizar avaliação psiquiátrica por meio de testes neuropsicológicos, neurológicos, exames de imagem, físicos e laboratoriais;
  • ministrar tratamento com psicoterapia e/ou medicamentos.

Preparação para entrar na pós-graduação

Para ingressar na pós-graduação em psiquiatria, o pré-requisito básico é a apresentação do diploma de curso de medicina.

Ao finalizar a graduação em medicina, o estudante deve ter o cuidado de procurar um curso de pós-graduação em psiquiatria reconhecido pelo MEC a fim de obter um diploma que o qualifique para exercer a sua profissão.

Como é a Pós-Graduação em psiquiatria?

A demanda pelo curso de pós-graduação em psiquiatria tem crescido no país. Por este motivo, os especialistas na área vêm se destacando gradativamente.

Os cursos de pós-graduação em psiquiatria são organizados com aulas dinâmicas, de aprimoramento profissional exclusivo para o estudante conseguir alcançar os objetivos. 

O curso de pós-graduação em psiquiatria vem promovendo em nosso país um avanço quantitativo da especialização psiquiátrica, qualidade excepcional dos serviços médicos prestados, e todas as condições necessárias para o aluno conquistar seu diploma.

No curso de pós-graduação em psiquiatria, o aluno terá:

  • aprimoramento de conhecimento técnico, científico, teórico e prático em psiquiatria;
  • condições de diagnosticar e escolher o melhor tratamento com precisão;
  • atualização dos métodos e novas tecnologias que no mercado de trabalho estão sendo implementados;
  • acesso a videoaulas, fóruns de discussão, exames, trabalhos e provas;
  • suporte pedagógico, online e presencial.

Em geral, um curso de pós-graduação em psiquiatria tem a duração de 420 horas. Dependendo da instituição poderá ser feito mediante lato sensu a distância, semi-presencial, ou em sala de aula.

A pós-graduação em psiquiatria confere conhecimentos profundos sobre os principais tipos de transtornos psiquiátricos, o uso adequado de medicamentos psicotrópicos e a preparação para o melhor atendimento de pacientes em diversas circunstâncias.

Em relação ao conteúdo programático do curso de pós-graduação em psiquiatria, pode-se encontrar as seguintes matérias:

  • história da psiquiatria;
  • políticas assistências em saúde mental;
  • dependência química e transtornos mentais relacionados;
  • psicofarmacologia: princípios neurobiológicos de psicofármacos;
  • psiquiatria clínica (epidemiologia, manifestações clínicas dos principais transtornos mentais);
  • psiquiatria forense e pericial;
  • psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais;
  • Psiquiatria da infância e adolescência
  • metodologia da pesquisa científica;
  • psicogeriatria;
  • urgência e emergência psiquiátricas;
  • seminário de pesquisa;
  • trabalho de conclusão de curso (TCC).

O trabalho de um psiquiatra

Em geral, os procedimentos no tratamento de diagnósticos são realizados na área das psicopatologias, enfermidades e transtornos. Aqui no Brasil há ainda uma grande carência de psiquiatras, mesmo que os salários ofertados sejam bem atraentes.

A especialidade da psiquiátrica possui muitas dimensões. Mas será que você está preparado para trabalhar na área? Veja o que precisa ter para ser um psiquiatra:

  • interesse pela vertente psíquica da pessoa;
  • vontade de aliviar o sofrimento dos pacientes que sofrem de doenças mentais;
  • permite ver as situações de diferentes ângulos;
  • desejo de conhecer melhor a pessoa humana;
  • adquirir conhecimento que permite explicar e compreender a conduta humana.

Os médicos psiquiatras tratam pacientes de diferentes modos, por exemplo, no apoio psicológico, com diversas aplicações de terapias e métodos para melhorar as circunstâncias cotidianas e sociais do paciente. Eles trabalham em muitos lugares, dependendo do paciente e das suas necessidades médicas.

Os psiquiatras também trabalham em estreita colaboração com outros profissionais e especialistas, como nas áreas de psiquiatria geral de adultos, psiquiatria de idosos, psiquiatria infantil e adolescência entre outros.

A remuneração concreta de um profissional pode variar, pois, o salário final dependerá do âmbito da psiquiatria em que o psiquiatra irá se dedicar bem como o tipo de serviço e tratamentos oferecidos.

No Brasil há uma grande carência de psiquiatras, mesmo com os bons salários oferecidos na área. O campo para este profissional é bastante amplo e tende a aumentar cada vez mais nos próximos anos. Entre os salários de um profissional da psiquiatra, é importante salientar que os médicos psiquiatras não possuem um salário mínimo ou piso salarial único no país mas, em média, ele pode receber um salário de R$ 8.550.

Cursando uma pós-graduação em psiquiatria pela IEFAP você conseguirá conquistar a grande chance de adquirir o diploma e trabalhar nas questões de saúde pública que vem afetando a sociedade humana. Não perca tempo! Matricule-se e conheça o Curso de Psiquiatria da IEFAP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *