fundo parallax

Perito médico: saiba tudo sobre a profissão do momento

Tudo que você gostaria de saber sobre medicina legal forense
31 de julho de 2018
Como prevenir o estresse na área da saúde
13 de setembro de 2018
 

Os crimes violentos são cada vez mais frequentes no cotidiano da sociedade. Todos os dias vemos denúncias de latrocínios, espancamentos, assassinatos etc. Neste contexto, a atuação como perito médico ganha cada vez mais espaço sendo que a função pode ser exercida por quem tem formação em medicina.

Estar preparado para atuar nessa área em crescente expansão é um diferencial importante para sua carreira. Neste artigo, você conhece um pouco mais sobre os fundamentos da perícia médica e pode entender se tem perfil para torna-se um perito médico.

O perito médico é o profissional de confiança do Judiciário

O perito médico é, essencialmente, um especialista na área de medicina legal. Para atuar nesse segmento da medicina, além de ter concluído a graduação, é fundamental o conhecimento e a prática sobre a semiologia e exame físico do corpo e, também, sobre a legislação vigente.

A exceção para ser perito sem formação superior é quando o juiz precisa de um especialista e ao não ter nenhum na região, ele convoca um técnico.  O perito é o profissional de confiança do Judiciário e deve ser imparcial e atuar com total confidencialidade já que lida com temas extremamente delicados como os que citamos no início deste artigo. 

A atuação do perito médico tem sido fundamental nas investigações criminais em alguns casos de grande repercussão e de difícil solução. O interesse pelo assunto também devido à febre dos seriados cujo enredo envolvem policiais e peritos usando a ciência e a tecnologia para o desvendamento de crimes ocorridos em situações complexas.

Os equipamentos que estes seriados mostram são bastante similares aos da vida real.  As técnicas também são bem parecidas. A principal diferença é que na TV os casos levam o tempo de um episódio para serem esclarecidos. Enquanto que um caso concreto no Brasil pode levar meses ou anos. 

Qual o papel do perito médico?

O perito não pode envolver-se emocionalmente com o caso em questão. Trata-se de um olhar técnico e que se baseia em provas. É necessário um distanciamento para que o serviço de coleta de vestígios e evidências não fique comprometido. Não é papel do perito condenar ou inocentar. Sua responsabilidade é dar subsídios para que a investigação ocorra da forma mais justa possível. 

A perícia criminal é um das áreas de atuação do profissional de Medicina. Trata-se de um trabalho de campo realizado no local do crime e, depois nos laboratórios de DNA forense, física, química, análise instrumental, entorpecentes, balística e biologia/bioquímica, onde são realizadas as análises dos materiais coletados.

São objetos de análise: sangue, cabelo, ossos, unhas, pertences pessoais e estruturas físicas como computadores, celulares, redes sociais, sites espelhos, elevadores, móveis, carros, etc... Todos esses materiais são coletados no campo pelo médico legista. 

Fique de olho nos concursos públicos

Caso decida-se por ser um perito criminal no Brasil, será necessário ingressar na carreira por meio de concurso público. Ele geralmente é composto pelas seguintes etapas:

  • prova escrita de múltipla escolha;
  • prova oral;
  • curso de formação na Academia de Polícia com duração de quase um ano. 

Durante a formação, o perito estuda criminalística, organização policial, contenção de crises, abordagens e outros temas.

Pós-Graduação em Medicina Legal e Perícias Médicas

Após cursar a Pós-Graduação em Medicina Legal e Perícias Médicas, o médico pode atuar de forma interdisciplinar nos diferentes setores da perícia médica: Criminal, Trabalhista, Administrativo e Previdenciário.

Pode, ainda, desenvolver atividades específicas em empresas públicas e privadas, junto ao Instituto Médico Legal, às Varas Criminais e Cíveis, às Varas de Acidentes de Trabalho, ao INSS, às Perícias Securitárias e de trânsito, dentre outras.

O objetivo do curso de pós-graduação é formar profissionais peritos médicos habilitados a dar o suporte necessário ao poder judiciário, órgãos públicos, empresas privadas e sociedade em geral, visando a melhor solução para os litígios judiciais envolvendo questões médicas.

Se você tem interesse em atuar na área de perícias médicas, saiba mais detalhes do curso de pós-graduação em Medicina Legal e Perícias Médicas do IEFAP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *