fbpx
Home Carreira médica Golden Hour: A importância da primeira hora de um recém-nascido prematuro

Golden Hour: A importância da primeira hora de um recém-nascido prematuro

por Fabiola Aoki

A primeira hora do recém-nascido prematuro é o momento crucial para que a equipe médica administre os cuidados, que vão garantir um melhor prognóstico ao bebê.

A Golden Hour é um termo que faz referência a primeira hora de atendimento às vítimas de lesões traumáticas.

O termo baseia-se em oferecer os melhores cuidados emergenciais disponíveis, afim de aumentar as chances de sobrevivência do paciente.

Tem se empregado o termo também a neonatologia, para se referir ao nascimento de um recém-nascido prematuro até a sua estabilização na UTI neonatal.

Cuidados essenciais na primeira hora do recém-nascido

Os bebês recém-nascidos prematuros apresentam riscos de uma gama de complicações em decorrência da sua imaturidade.

Se o nascimento ocorrer antes das 34 semanas de gestação, os riscos de agravamento dessas complicações são aumentados.

Daí a importância da Golden Hour, que se refere a agilidade da equipe médica em administrar os cuidados necessários, ainda nas primeiras horas de vida do recém-nascido.

Têm-se desenvolvido também diferentes tipos de tecnologias, para garantir uma melhor resposta dos bebes prematuros a imaturidade, tanto do aspecto anatômico quanto fisiológico.

Na neonatologia o conceito de Golden Hour, tem se mostrado altamente eficaz e se baseia no estabelecimento de rotinas a serem adotadas pela equipe médica multidisciplinar.

A equipe de assistência do recém-nascido prematuro atua de forma coordenada e sistemática, afim de garantir a estabilização do bebê na UTI neonatal o quanto antes.

Assistência oferecida na primeira hora do recém-nascido prematuro

Lidar com pacientes em estado frágil como é o caso dos bebês recém-nascidos já é um desafio.

Quando há a prematuridade então, a equipe médica encontrará um quadro ainda mais delicado.

O protocolo de atendimento ao recém-nascido prematuro prevê a realização de procedimentos como:

  • Ventilação Manual – Utilizada afim de reduzir a incidência de lesões pulmonares no bebe.
  • Oxigênio – Utilizado também quando necessária a reanimação neonatal.
  • Redução da incidência de hipotermia – São utilizados mecanismos para controle da temperatura onde estão inclusos o uso de touca, colchões e plásticos para amenizar a perda de calor.

Todos esses procedimentos fazem parte do protocolo de atendimento incluso na Golden Hour, e visam garantir um quadro de internação em UTI neonatal estabilizado.

O fato é que hospitais que adotam procedimentos baseados em protocolos de cuidados na Golden Hour, apresentam melhor resposta dos bebês prematuros.

A pediatria na primeira hora do recém-nascido

A especialidade responsável por prestar assistência médica aos bebês recém-nascidos, crianças e adolescentes até 18 anos é a pediatria.

O profissional pediatra possui conhecimentos generalistas sobre os cuidados com pacientes nessa faixa etária.

Contudo, o pediatra pode também se especializar em áreas como a cardiologia, oncologia pediátrica, infectologia e até mesmo a própria neonatologia.

Essa especialidade é única capaz de atender de forma efetiva pacientes dessa faixa etária com diagnósticos precisos.

O atendimento do médico pediatra se inicia muitas vezes ainda no próprio pré-natal da gestante, e pode se estender até praticamente a vida adulta do paciente.

Portanto, é importante que os próprios profissionais de pediatria busquem se especializar para oferecer suporte, diagnósticos e tratamentos cada vez mais efetivos.

O IEFAP é uma das empresas de maior renome do segmento médico, ofertando cursos de Pós-Graduação, inclusive a Especialização médica em Pediatria, presencial com aulas online e ao vivo. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC, com as aulas aos finais de semana.

Esperamos que tenham gostado desse conteúdo, acesse nosso site e confira outros artigos em nosso blog!

Artigos relacionados

Deixe um Comentário