Home Reumatologia Como é o trabalho de um especialista em reumatologia

Como é o trabalho de um especialista em reumatologia

por IEFAP
especialista em reumatologia

Um dos fatores mais importantes para o sucesso do Reumatologista, é o correto diagnóstico da doença. Assim, com ele, o especialista em reumatologia poderá tratar clinicamente seus pacientes que se encontram em condições complexas.

Por isso, a seguir, disponibilizaremos as características tão importantes que definem um profissional especialista em reumatologia.

Do que trata a reumatologia

A palavra “reumatismo” foi introduzida pelo médico turco Galeno no século II d.C. que significa “fluxo do humor”. Ou seja, naquela época, acreditava-se que o reumatismo funcionava como um sistema de humores presentes nas articulações. Mas, hoje, o termo ampliou-se para definir novas enfermidades.

Desse modo, muitas pessoas ainda atribuem que o reumatismo tem essa relação misteriosa de dores estranhas e transitórias, e que podem ter relação com alterações climáticas, entre outras. Ou seja, isso significa que ainda existe certa confusão em relação ao objeto da especialidade em reumatologia. Nesse sentido, essas confusões chegam a alcançar aos próprios profissionais da medicina.

Portanto, a reumatologia se ocupa do sistema locomotor, esquelético-muscular, que serve de suporte ao restante das estruturas do nosso organismo.

Amplitude da reumatologia

Assim, a reumatologia pode ser definida como a especialidade médica que estuda e trata dos transtornos e enfermidades do sistema locomotor. Por isso, é uma especialidade bastante ampla que pode abranger interdisciplinaridades como a traumatologia, a fisioterapia e a cirurgia ortopédica, por exemplo. Entre as principais enfermidades que afetam a pessoa, desde o ponto de vista da saúde pública, são classificados em cinco grupos:

Artrite: inflamações das articulações que podem ser transitórias ou crônicas e que inclui a artrite reumatóide, gota, lúpus eritematoso e artrite psoriática.

  • Artrose: degeneração progressiva da articulação que causa dor, deformações e perda da mobilidade.
  • Dor Lombar: causada geralmente por hérnias discais ou anomalias estáticas da coluna vertebral.
  • Osteoporose: e outras doenças ósseas, conduz à falta de resistência que pode gerar fraturas e envelhecimento precoce do sistema ósseo.
  • Reumatismo simples: tendinite, bursite, miopatias e até do sistema nervoso periférico, como síndromes.

A reumatologia, dentro da própria medicina, possui uma importância dinâmica, que vem avançando bastante nos novos processos e doenças como a fibromialgia e a dor crônica. Por tudo isso, um especialista em reumatologia deve priorizar a excelência profissional mantendo-se atualizado em diversos cursos de formação.


A ocupação de um especialista em reumatologia

Primeiramente, a profissionalização de especialista em reumatologia deve a sua formação para a solução imediata dos problemas do paciente, através das suas capacidades de se comunicar com ele, conhecimento científico do sistema locomotor, entre outros. Em geral, são os principais aspectos que melhor podem caracterizar o especialista em reumatologia.

Um reumatologista tem o conhecimento de diversas áreas da sua especialidade, tais como:

  • domínio das técnicas de imagem como radiografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética;
  • realização de biópsias (artroscopia) etc.

Agora confira mais atividades realizadas por um especialista em reumatologia.

  • Especialista em nas enfermidades ósseas: compreensão das enfermidades dos ossos, musculares e das articulações, seus sintomas e complicações sistêmicas.
  • Analista de exames: interpretação dos resultados de testes laboratoriais.
  • Pesquisador: análise e estudo dos diferentes níveis de capacidade física dos pacientes, conhecendo as necessidades, em seus aspectos ortopédicos e de reabilitações; investigações e aplicações dos recursos diagnósticos e terapêuticos.
  • Resultado e diagnóstico: decisões baseadas nas avaliações e exames, tipos de diagnóstico e tratamento; levar ao paciente e à família informação médica de prevenção e tratamento visando aumentar a qualidade de vida.

Em síntese, atualmente, o especialista em reumatologia possui a seu dispor as mais sofisticadas técnicas de laboratório e imagem que visam oferecer diagnósticos mais apurados.

A formação do especialista em reumatologia

Um especialista em reumatologia é um médico que trabalha com o diagnóstico e tratamento de, aproximadamente, 200 enfermidades reumáticas. A sua área de atuação ocorre nas unidades de docência em reumatologia, em clínicas hospitalares, ambulatoriais, particulares e públicas.

O programa específico de reumatologia tem em média de 2 a 4 anos de duração, iniciando a sua preparação básica em diferentes tipos de serviços médicos como na nefrologia, clínica geral. Posteriormente incorpora o serviço de reumatologia em si, no qual poderá trabalhar com o diagnóstico e tratamento específicos da especialidade.

As últimas fases da grade curricular da especialização podem incluir os complementos da formação integral: a metodologia de investigação, avaliação das evidências, aspectos éticos e legais da prática profissional.

Um especialista em reumatologia terá conhecimento em:

  • anatomia;
  • bioquímica;
  • fisiologia;
  • biomecânica;
  • biologia celular relacionada às doenças reumáticas;
  • conhecimento completo de cada doença;
  • interpretação dos exames;
  • experiência nas urgências reumatológicas.

Gostou de entender como é o trabalho de um especialista em reumatologia? Se você está em busca de um curso de especialização para ampliar suas chances de crescimento profissional, conheça o nosso curso de Pós-graduação em reumatologia oferecido pelo IEFAP clicando no banner abaixo:

pos_reumatologia_iefap

  

Artigos relacionados

Deixe um Comentário